Ir para conteúdo


BEM VINDO VISITANTE

Está neste momento a navegar no fórum como um visitante, limitando assim a sua navegação no site. Ao fazer o registo no Contra Ataque passará a ter à sua disponibilidade diversas funcionalidades, como comentar tópicos, criar votações, enviar mensagens privadas entre outras coisas. Faça parte da nossa comunidade, registe-se agora clicando aqui!

História e civilizações do passado


430 respostas neste tópico

#1 Blade

Postado 04 November 2013 - 23:33

  • 4380 posts
  • LocalizaçãoOeste
Julgo que estes temas merecem um tópico próprio para discussão no fórum. Utilizei estas palavras-chave de forma isolada na pesquisa e não encontrei nenhum tópico, logo decidi criar este. O tópico tem o propósito de discussão acerca de temas ligados à História e às civilizações que existiram ao longo dos milénios. Para começar, em homenagem ao crescente gosto por algo romano aqui no fórum, deixo uma imagem de uma escultura.

Imagem Postada

A escultura representada na imagem é a loba que descobre os bebés Rómulo e Remo numa margem do rio Tibre e cuida deles. Grande parte da origem da escultura é desconhecida. Os bebés foram adicionados no séc. XV por Antonio Pollaiolo. Esta escultura encontra-se exposta nos Museus Capitolinos, na cidade de Roma.

De acordo com uma das lendas, Amúlio conquistou o trono do reino de Alba Longa ao seu irmão Numitor. Em seguida ordena o assassinato dos filhos varões de Numitor e obriga a sua sobrinha a tornar-se uma sacerdotisa virgem. No entanto, a sua sobrinha engravida de Marte, o deus da guerra, e daqui nascem Rómulo e Remo. Irado, o rei Amúlio ordena a prisão da sacerdotisa e abandona os bebés num cesto, no rio Tibre. Eventualmente o cesto para numa margem e é descoberto por uma loba. Os bebés são cuidados pela loba por uns tempos, até serem descobertos por um pastor, que os adopta.

Os jovens crescem e uma das suas actividades é o assalto a caravanas que passam pela região. Num dos assaltos, Remo é preso e levado para Alba Longa. Com isto, o pastor decide contar a Rómulo a sua história; este, então, parte para a sua cidade com o propósito de libertar o seu irmão. Sucede no seu objectivo, bem como consegue depor o seu tio-avô do trono e devolvê-lo ao seu avô e liberta a mãe.

Após esta aventura, Rómulo e Remo decidem partir com um grupo de pessoas e fundar a sua própria cidade no local onde foram abandonados. Contudo, estes tinham posições diferentes em relação ao nome da cidade e ao local exacto onde seria erguida: Rómulo pretendia chamar-lhe Roma, enquanto Remo pretendia que se chamasse Remora. Os convidados a serem os primeiros cidadãos foram ouvidos para a decisão, mas nenhuma foi tomada. Os ânimos escalaram e acabaram com o assassinato de Remo por parte do Rómulo. Sem oposição, Rómulo funda a cidade de Roma.



#2 Liedson

Postado 04 November 2013 - 23:38

  • 74688 posts
  • LocalizaçãoInvicta
  • ClubeSporting
Rómulo parte em direcção à cidade, com o objectivo de libertar o seu irmão das garras de um assassino sanguinário. É bem sucedido e depõe o assassino. Depois o irmão não concorda com ele numa coisa mínima e mata-o.

#3 Magicoscb

Postado 04 November 2013 - 23:46

  • 13085 posts
  • LocalizaçãoTenerife
  • ClubeChelsea
Para mim só há uma civilização, a única que originou o pensamento, filosofia e história, foi o modelo para as restantes civilizações, sendo que moldou a Europa Ocidental e o mundo com o seu conceito de " Demos + kratos " hoje vive em plena crise.

Civilização Helênica.

Editado por Magicoscb, 04 November 2013 - 23:54.


#4 JP'14

Postado 04 November 2013 - 23:47

  • 28432 posts
  • Localização 
FDZ! Reputação imediata após ter visto a imagem :venia:
Só digo mesmo isto:
Go deeper, find even more awesomeness :ahahah:

#5 Blade

Postado 04 November 2013 - 23:47

  • 4380 posts
  • LocalizaçãoOeste

Visualizar PostLiedson, em 04 November 2013 - 23:38, disse:

Rómulo parte em direcção à cidade, com o objectivo de libertar o seu irmão das garras de um assassino sanguinário. É bem sucedido e depõe o assassino. Depois o irmão não concorda com ele numa coisa mínima e mata-o.

A coisa mínima acaba por disfarçar algo importante, que é qual dos dois governaria a nova cidade. A ideia vencedora seria liderada pelo homem que a propôs.

#6 Liedson

Postado 04 November 2013 - 23:48

  • 74688 posts
  • LocalizaçãoInvicta
  • ClubeSporting

Visualizar PostBlade Runner Blues, em 04 November 2013 - 23:47, disse:

A coisa mínima acaba por disfarçar algo importante, que é qual dos dois governaria a nova cidade. A ideia vencedora seria liderada pelo homem que a propôs.
Sim, o nome seria sempre o primeiro dos problemas em relação à nova cidade. Seja como for é sempre uma bela história para se contar acerca do nascimento da bela Roma que tanto deu ao mundo.

#7 Ramalho7

Postado 04 November 2013 - 23:49

  • 28133 posts
  • LocalizaçãoStª Mª de Lamas
  • ClubeFC Porto
História de Roma.

Vem já o Leandro e faz um comentário de 10 páginas. :lol:

#8 Jonas

Postado 05 November 2013 - 02:30

  • 21840 posts
  • LocalizaçãoCazaquistão
Para mim, a história egípcia é algo que me fascina. Eram muito evoluídos naquela altura e acredito que se não desse os problemas todos, ainda hoje seriam uma das civilizações mais avançadas do nosso tempo.

#9 Freddie Mercury

Postado 05 November 2013 - 04:54

  • 9298 posts
  • LocalizaçãoPorto
  • ClubeFC Porto
Epá dois bebés foram encontrados e criados por uma loba? Cheira-me a fake.

#10 falcao09

Postado 05 November 2013 - 10:13

  • 8648 posts
  • LocalizaçãoPorto

Visualizar PostMagicoscb, em 04 November 2013 - 23:46, disse:

Para mim só há uma civilização, a única que originou o pensamento, filosofia e história, foi o modelo para as restantes civilizações, sendo que moldou a Europa Ocidental e o mundo com o seu conceito de " Demos + kratos " hoje vive em plena crise.

Civilização Helênica.
Também estive a estudar isso agora mais a fundo desde o início do ano, e foi algo que me fascinou.

Foi uma revolução completa ao nível do pensamento, uma evolução organizacional, política, social de uma dimensão estonteante, umas quantas doutrinas básicas que duram até hoje. Surpreende-me como, quase do nada, surgem maneiras de ver o mundo completamente diferentes, a cobiça pela igualdade e justiça, e a exclusividade dessa mesma filosofia. Refletiu-se a todos os níveis, estando patente na sociedade do dia-a-dia, na disposição pensada do plano diário, no contexto espacial em que a cidade e os constituintes da mesma se inseriam. A mecanização do sistema político era fascinante: as instituições políticas, o debate público dos diversos assuntos.. tinha os seus defeitos e limitações, mas foi inédito e os fundamentos base permanecem até hoje..

E também deixaram outras influências: como tu referiste, a filosofia, incutida já nesta nova maneira do pensar, que resultou mais tarde numa cobiça mais profunda, motivada pelo desconhecimento de certos fenómenos, etc. E também a arte. A arquitetura, com a sobreposição do belo e majestoso ao útil, com uma proporcionalidade inédita, a escultura que tinha o idealismo sempre presente, com as expressões serenas e contemplativas nos rostos, para que não houvesse imperfeições..

Em suma, foi uma sociedade e uma civilização revolucionária, que serviu de base a muitas das doutrinas e princípios aos quais hoje obedecemos.

Editado por falcao09, 05 November 2013 - 10:13.


#11 Blade

Postado 05 November 2013 - 11:01

  • 4380 posts
  • LocalizaçãoOeste

Visualizar PostjONAS., em 05 November 2013 - 02:30, disse:

Para mim, a história egípcia é algo que me fascina. Eram muito evoluídos naquela altura e acredito que se não desse os problemas todos, ainda hoje seriam uma das civilizações mais avançadas do nosso tempo.

Algo fascinante, observar a civilização egípcia em termos cronológicos. A vida de Cleópatra desenrolou-se mais perto de 2013 do que do período de construção da necrópole de Guiza (as pirâmides). Foi uma civilização que resistiu e prosperou durante milénios, o que é fabuloso tendo em conta as transformações por que eventualmente passou, o tamanho geográfico que possuía e as conquistas que sofreu. A arte e a cultura egípcia são também excepcionais. O brilhante é que tudo, desde as pirâmides aos bustos e pequenos desenhos, tinha um propósito prático, ainda que fosse um propósito divino.

Visualizar Postfalcao09, em 05 November 2013 - 10:13, disse:

Em suma, foi uma sociedade e uma civilização revolucionária, que serviu de base a muitas das doutrinas e princípios aos quais hoje obedecemos.

A civilização helénica foi de tal modo revolucionária que a civilização romana decidiu preservar a sua cultura clássica, as suas ideias e a sua filosofia. Não só a preservaram, como a propagaram pelos territórios que conquistaram pelo continente europeu e pelas povoações mediterrânicas. Eu estou a referir este aspecto de forma bastante básica, mas julgo fantástico o respeito pelos gregos.

#12 Magicoscb

Postado 05 November 2013 - 11:33

  • 13085 posts
  • LocalizaçãoTenerife
  • ClubeChelsea

Visualizar Postfalcao09, em 05 November 2013 - 10:13, disse:

Também estive a estudar isso agora mais a fundo desde o início do ano, e foi algo que me fascinou.



O que me fascina mais é isto aconteceu a mais de dois anos, e durante esse tempo muito daquilo que Aristóteles, Sócrates e Platão nos ensinaram ficou esquecido no tempo, porém hoje usamos em muitas situações da nossa vida. Civlização Helenica q foi a base da cultura ocidental de tempos posteriores.

Deram importantes contribuições nos campos das artes, literatura, filosofia e ciência, apesar de nunca terem conseguido a unificação política , porque como sabem a Grécia era dividida em Polis ( cidade estado independente).

Enfim, as mais vastas experiências sociais ocorreram na Grécia, berço de filósofos, sábios e literatos famosos. Depois a arte grega, que tanto influenciou a arte romana e a renascentista, b retratar corpos com o máximo de perfeição, exaltando a beleza estética. Ainda podemos falar da fantásticas contribuições dos gregos, os Jogos Olímpicos , assim como sua Mitologia rica em poesia, história e moral .

Sem mencionar as Cidades de Atenas, Esparta, Corintio, Tebas, as colonias na Asia Menor com Pérgamo , Mileto ou então Siracusa.

Os grandes momentos como a imagem de Zeus em Olímpia, Mausoléu em Halicarnassense, Colosso de Rhodes , Pártenon em Atenas , Templo de Ártemis em Efesos e Altar de Pérgamo.

Imagem PostadaImagem Postada
Imagem Postada
Imagem Postada
Imagem Postada
Imagem Postada


Pá é o que digo ao meu pessoal eu nasci na época errada ;C

Editado por Magicoscb, 05 November 2013 - 11:43.


#13 Exodia

Postado 05 November 2013 - 11:36

  • 33218 posts
  • LocalizaçãoUnknown
  • ClubeBenfica
eu tenho uma cadeira que é historia das civilizações

#14 falcao09

Postado 05 November 2013 - 11:56

  • 8648 posts
  • LocalizaçãoPorto

Visualizar PostBlade Runner Blues, em 05 November 2013 - 11:01, disse:

A civilização helénica foi de tal modo revolucionária que a civilização romana decidiu preservar a sua cultura clássica, as suas ideias e a sua filosofia. Não só a preservaram, como a propagaram pelos territórios que conquistaram pelo continente europeu e pelas povoações mediterrânicas. Eu estou a referir este aspecto de forma bastante básica, mas julgo fantástico o respeito pelos gregos.
Pois, é a história de ser uma deambulação pelos tempos. :) Mas concordo contigo, aliás, estou agora a iniciar esse tema e já não me lembrava dessa medida romana, que foi de facto a prova do impacto desta civilização helénica. Um povo que dominou meio mundo e podia ter patenteado todo o seu saber em pleno, decidiu manter as raízes gregas (decisão sapiente, na minha opinião) e adorná-la com alguns dos seus conhecimentos. Eventualmente isso levou a uma expansão progressiva das influências gregas e, como disse, ainda nos nossos dias está presente esta civilização.

Visualizar PostMagicoscb, em 05 November 2013 - 11:33, disse:


O que me fascina mais é isto aconteceu a mais de dois anos, e durante esse tempo muito daquilo que Aristóteles, Sócrates e Platão nos ensinaram ficou esquecido no tempo, porém hoje usamos em muitas situações da nossa vida. Civlização Helenica q foi a base da cultura ocidental de tempos posteriores.

Deram importantes contribuições nos campos das artes, literatura, filosofia e ciência, apesar de nunca terem conseguido a unificação política , porque como sabem a Grécia era dividida em Polis ( cidade estado independente).

Enfim, as mais vastas experiências sociais ocorreram na Grécia, berço de filósofos, sábios e literatos famosos. Depois a arte grega, que tanto influenciou a arte romana e a renascentista, b retratar corpos com o máximo de perfeição, exaltando a beleza estética. Ainda podemos falar da fantásticas contribuições dos gregos, os Jogos Olímpicos , assim como sua Mitologia rica em poesia, história e moral .

Sem mencionar as Cidades de Atenas, Esparta, Corintio, Tebas, as colonias na Asia Menor com Pérgamo , Mileto ou então Siracusa.

Os grandes momentos como a imagem de Zeus em Olímpia, Mausoléu em Halicarnassense, Colosso de Rhodes , Pártenon em Atenas , Templo de Ártemis em Efesos e Altar de Pérgamo.


Pá é o que digo ao meu pessoal eu nasci na época errada ;C
Bom post. :thumbsup: Foi uma época de transição bastante rica em todos os aspetos, e contribuiu, como disseste, para ser intemporal. O ponto de vista da união política é muito interessante também, porque apesar da coesão a esse nível ser praticamente impossível (também devido ao plano geográfico da Grécia), os gregos mantinham fatores de união bem demarcados e partilhados por toda a civilização helénica como a língua (quem não falava era considerado Bárbaro), a misticidade (politeísmo), os Jogos Olímpicos (como referiste) que significavam um período de paz e convívio.. é intrigante e apaixonante, esta civilização.


#15 Magicoscb

Postado 05 November 2013 - 12:20

  • 13085 posts
  • LocalizaçãoTenerife
  • ClubeChelsea

Visualizar Postfalcao09, em 05 November 2013 - 11:56, disse:

Pois, é a história de ser uma deambulação pelos tempos. :) Mas concordo contigo, aliás, estou agora a iniciar esse tema e já não me lembrava dessa medida romana, que foi de facto a prova do impacto desta civilização helénica. Um povo que dominou meio mundo e podia ter patenteado todo o seu saber em pleno, decidiu manter as raízes gregas (decisão sapiente, na minha opinião) e adorná-la com alguns dos seus conhecimentos. Eventualmente isso levou a uma expansão progressiva das influências gregas e, como disse, ainda nos nossos dias está presente esta civilização.

Bom post. :thumbsup: Foi uma época de transição bastante rica em todos os aspetos, e contribuiu, como disseste, para ser intemporal. O ponto de vista da união política é muito interessante também, porque apesar da coesão a esse nível ser praticamente impossível (também devido ao plano geográfico da Grécia), os gregos mantinham fatores de união bem demarcados e partilhados por toda a civilização helénica como a língua (quem não falava era considerado Bárbaro), a misticidade (politeísmo), os Jogos Olímpicos (como referiste) que significavam um período de paz e convívio.. é intrigante e apaixonante, esta civilização.

Sim essa união existiu, rara e muito tenua , existia principalmente nos jogos Olimpicos ou contra um inimigo externo neste caso as famosas guerras Médicas , Maratona ( a famosa batalha que deu origem ao termo Maratona no desporto, isto quando um atleta percorreu mais de 50KM transportando a mensagem de que Coligação tinha ganho batalha em Maratona e que os Persas estavam agora nos seus barcos a rumar para Atenas , chegou primeiro Atenas do que os Persas , transmitiu a mensagem e dramaticamente caiu no chão, com sentimento de missão cumprida, de dever cumprida para com a polís) , Termópilas , Salamina entre outros.

Esta "liga" quase sempre se deu bem, principalmente contra os Persas, contudo depois das guerra internas as cidades estados gregas viam se sem forças a para combater um novo inimigo neste caso Filipe II da Macedonia , pai de Alexandre o Grande, e mais parte voltam a sucumbir ao poderio Romano.

Depois temos as guerras internas com a liga do Peloponeso liderada por Esparta representa uma Oligarquia ou seja uma certa ditadura militar, tinha a sua força no seu exercito de terra contra a liga de Delos liderar pela Magna Atenas, expoente máximo da Democracia na sua época, cidade das artes, letras e filosofia , sua força esta presente na sua Marinha mais de 300 embarcações na altura.

O confronto era inevitável, ambos lutavam pela supremacia na Grécia e ilhas, confronto demorou anos e viria a ter um desfecho com a capitulação de Atenas e o fim do seu período dourado.

Acho importante a guerra do Peloponeso a par das guerras médicas pois tiveram uma enorme consequência no nosso futuro, hoje se não fosse pelos bravos gregos nas guerras médicas hoje não teríamos provavelmente o maior presente que nos deram a Democracia e a própria razão de pensar, assim como guerra do Peloponeso criou condições para união da Grécia sobre o estândar te de Alexandre o Grande que dissipou a cultura Helênica então por todo o mundo conhecido.

Gostava de saber como se sente o Grego e principalmente o Ateniense os momento que eles viveram no passado, as conquistas, os legados e agora capitulados ao poder financeiro.

Se há outra cultura que me fascina é a Babilônia

Editado por Magicoscb, 05 November 2013 - 12:20.






1 membro(s) está(ão) a ler este tópico

0 membros, 1 visitantes, 0 membros anónimos